O Sindicato APEOC obteve duas vitórias em defesa pelo investimento do precatório do Fundef na valorização dos professores e da Educação. Os prefeitos de Aracoiaba e Itapiúna, situados no interior do estado, confirmaram legalmente, por meio de um documento a ser enviado à Justiça Federal, o compromisso de repassar 60% dos recursos do Fundef para os professores dos respectivos municípios. O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, também assinou a documentação que será anexada à ação judicial.

Aracoiaba

O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, reuniu-se com Antônio Cláudio Pinheiro, prefeito de Aracoiaba, na manhã desta quarta-feira (29). Na ocasião, foi assinado um documento ratificando a destinação dos 60% do precatório do Fundef para os professores da cidade. O prefeito Antônio Cláudio já havia se comprometido a destinar os recursos do fundo para os profissionais da Educação durante reunião ocorrida no último dia 14 de junho, com a presença do Sindicato APEOC.

Itapiúna

O prefeito de Itapiúna, Wauston Cavalcante de Freitas, também assinou, durante a manhã desta quarta (29), o documento que confirma o pagamento de 60% precatório do Fundef para os professores da cidade. O município vai receber cerca de R$ 14 milhões. No último dia 18 de junho, durante assembleia com trabalhadores da Educação e com a presença do Sindicato APEOC, o prefeito havia se comprometido a destinar 60% dos recursos para os professores do local.

Além de Itapiúna e Aracoiaba, os prefeitos dos municípios de Paracuru, Forquilha, Icó, Jucás e Ibicuitinga entenderam a importância do investimento do precatório do Fundef na valorização do Magistério e já se comprometeram a destinar 60% dos recursos do fundo aos professores municipais, como recomenda o Sindicato APEOC.