• APEOC
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail
A Comissão Municipal do Sindicato APEOC em Catarina promoveu uma Assembleia com professores para esclarecer dúvidas a respeito do precatório do FUNDEF da cidade. O encontro ocorreu nesta terça-feira (29) e teve a presença da secretária de Educação Aurileide Feitosa; e do procurador do município Roberto Paz de Andrade. O assessor político da APEOC, Roque Melo, também acompanhou a reunião.

O Sindicato APEOC protocolou, no Fórum de Catarina, um ofício solicitando o desbloqueio da verba. Além da entidade, a Prefeitura também protocolou um ofício, junto ao Ministério Público, requisitando o desbloqueio do dinheiro para efetuar o pagamento aos profissionais do Magistério.

Processo

Após uma negociação qualificada entre Sindicato APEOC e Prefeitura, 60% do Precatório do FUNDEF de Catarina será destinado aos profissionais do Magistério. O dinheiro foi bloqueado através de uma ação da APEOC para garantir que o benefício fosse pago aos professores. O valor de aproximadamente R$ 5 milhões, será rateado para docentes que trabalharam entre 1999 e 2006, proporcionalmente à carga horária e ao tempo trabalho. A divisão foi definida em uma Assembleia Geral com a categoria. 40% do valor restante será destinado para a Educação do município.